sexta-feira, 17 de junho de 2016

FIFA 17 - Por trás do novo modo A Jornada

Vamos falar um pouco sobre o processo de criação e desenvolvimento do novo modo história do FIFA 17, chamado de A Jornada, que promete ser uma grande revolução na franquia. Mat Prior, diretor de criação, foi entrevistado e conta tudo.

Matérias recentes:

Para quem ainda não sabe, A Jornada será o novo modo de FIFA 17 em que poderemos controlar Alex Hunter, um jogador em busca de um espaço no futebol. A jornada se iniciará em qualquer clube da Premier League (escolhido por quem for jogar), tendo que tomar decisões que podem mudar a história da carreira do jogador, podendo conversar com treinadores, dar entrevistas, passando por momentos diversos. É a primeira vez na franquia que teremos um modo como esse, podendo controlar a vida de um personagem fora do campo. Promete e muito.

Alex Hunter poderá jogar em outras ligas também, não necessariamente na Premier League. Rumores dizem que falas já foram gravadas com alguns jogadores das principais ligas da Europa para este modo de jogo.

Confira agora a entrevista completa com Mat Prior, falando sobre o processo de criação, desenvolvimento e suas expectativas:

O que levou à criação do modo história no FIFA 17? 


É um lado do futebol que nunca tivemos oportunidade de apresentar antes e é algo que queríamos fazer há alguns anos - oferecer ao jogador a experiência de viver uma carreira profissional no futebol dentro e fora de campo. Temos feito um ótimo trabalho de recriar o futebol por meio de um jogo, mas até agora nunca 'espiamos por trás da cortina' e vivenciamos o que acontece fora de campo. Essa parte do jogo foi ganhando mais evidência nos últimos anos por meio da mídia social e dos incontáveis sites devotados a esse esporte. Os fãs agora podem curtir futebol o tempo todo e acompanhar a vida dos jogadores de futebol fora de campo, o que não era possível antes. Creio que é um lado do futebol de grande interesse das pessoas e é uma ótima oportunidade para realmente inovar o FIFA 17.



Também é um modo que vai permitir aos jogadores aprenderem sobre esse esporte e se familiarizarem com o jogo - você pode aprender o básico do FIFA e algumas funcionalidades avançadas enquanto joga. Qualquer jogador que concluir A Jornada não apenas vai se divertir bastante como também vai adquirir a capacidade de jogar com grande habilidade.

Quanto tempo levou para desenvolver A Jornada?


Temos pensado nisso por um longo tempo e traçamos algumas ideias por mais de 2 anos. Definimos a história e todos os recursos e, depois, grande parte da equipe se reuniu novamente há um ano. A maioria da equipe do EA SPORTS FIFA trabalhou por todo um ano. Foi uma produção demorada, mas ao mesmo tempo, um processo bastante recompensador.

O FIFA 17 é o primeiro na categoria a usar a engine Frostbite, como isso ajudou na criação de A Jornada?


Sem a tecnologia Frostbite, não é possível criar uma história tão envolvente. Foi a ferramenta que nos permitiu contar essa história. Construímos uma mecânica de jogo para fornecer uma autêntica ação real dentro e fora de campo, mas o uso da tecnologia Frostbite nos deu a chance e as ferramentas de criar as cenas e os ambientes necessários pera esse tipo de modo. A engine Frostbite nos possibilitou vários jogos incríveis, muitos dos quais apresentam o modo história, tornando-se o instrumento perfeito para que possamos oferecer uma história no FIFA.



O que despertou maior interesse para você e a equipe enquanto trabalhavam nesse modo?


Eu trabalho no FIFA há muitos anos, assim como a maioria dos meus colegas, por isso, acho que o mais emocionante foi desenvolver algo realmente inédito e exclusivo para o universo do FIFA. Estamos acostumados a ver os jogadores e estádios incríveis que criamos a cada ano, mas criar novos mundos do futebol é algo que ainda não tinha sido apresentado no FIFA, como apartamentos, aviões e quartos de hotéis. Tudo isso foi uma mudança interessante. Desenvolver e modelar os personagens também foi algo novo para a gente, pois geralmente, recriamos atletas reais. Criar personagens fictícios, tanto visualmente quanto em termos de personalidade, além de sua história, foi uma mudança empolgante de ritmo.


A Jornada gira em torno da vida de Alex Hunter, pode falar um pouco mais sobre ele?


Alex é um adolescente de 17 anos, de família humilde, que mora em Clapham, um subúrbio de Londres. O futebol corre por suas veias. Ele é neto de Jim Hunter - uma lenda do futebol Inglês e filho de um jogador cuja carreira foi interrompida cedo.


O que faz A Jornada ser autêntica no esporte do futebol?


Autenticidade é, e sempre será, muito importante para o FIFA. O objetivo do modo história também é oferecer o mesmo nível de autenticidade de uma forma bem diferente. Pesquisamos muito analisando as histórias e experiências de jogadores reais para criar A Jornada. Conversamos com ex-jogadores e trabalhamos com pessoas que vivem e respiram futebol, incluindo Tom Watt, que escreveu a autobiografia de David Beckham.

Na etapa final de desenvolvimento, também incluímos em A Jornada alguns jogadores profissionais jovens atuais como Reece Oxford e Marcus Rashford. Essa parte foi particularmente muito recompensadora - a informação de todo esse pessoal foi real e, em muitos casos, refletiu suas próprias experiências. Coisas como a verdadeira importância de receber o apoio da família durante os altos e baixos do esporte profissional foi algo que todos tinham em comum. Foi bom obter esse retorno da linha de frente e poder confirmar que o que criamos era autêntico.



Quando alguém começar a jogar, o que você espera que sintam ao avançar por esse modo?


Espero que invistam nos personagens e na história, além de realmente se importarem com as consequências. Também esperamos que possa ensinar algo aos jogadores sobre um lado do futebol que não se vê diariamente. Para os fãs novos e casuais, esperamos que se sintam atraídos por nosso jogo e pelo esporte.

Tem alguma surpresa ou algo especial em A Jornada que você possa nos revelar?


Dai perderia a graça! Você terá de jogar esse modo e descobrir tudo o que rola com o jogador - suas decisões mudam o desenvolvimento da carreira de Alex, fazendo com que diferentes jogadores tenham experiências diferentes. #SemSpoilers

Fonte: EA Sports

Comente com o Facebook:

7 comentários :

  1. Eu ja joguei a caminhada ja ganhei a liga e a taça agora foi chamado a seleção inglesa. Mas depois meto para avançar e da erro se for so assim o fim da história de Alex hunter para mim acaba muito mal.

    ResponderExcluir
  2. exatamente assim aqui em casa ... uma pena durar uma temporada so

    ResponderExcluir
  3. Também fiquei extremamente frustrado com isso.

    Espero que isso não seja um gancho para uma venda de DLC ou de um novo Fifa no ano que vem.

    ResponderExcluir
  4. Quando ele foi chamado pra seleção inglesa e acabo a jornada fiquei muito decepcionado, mesma coisa de tirar doce de uma criança, quando a carreira iria começar a ficar bom, vocês diretores do fifa acabo com a jornada. Ao mesmo tempo que foram gênios fazer o modo, foram tolos ter uma só temporada. #chateado

    ResponderExcluir
  5. Também fiquei frustrado, o jeito é jogar de novo em outro time, mas o fim foi muito chato

    ResponderExcluir
  6. Caraca que merda!! Eu querendo entender pq não continuava a história! So da a opção de jogar esse ultimate com o hunter! Que merda!

    ResponderExcluir
  7. De fato, o Modo de jogo é realmente muito bom, mas quando você chega em um ponto legal acaba. Frustração muito grande, mas espero que atualizações liberem o restante.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!